Caminho da Mão Esquerda e Caminho da Mão Direita

Diagram05_full

Vejamos então como os caminhos como um grande oceano, Quanto mais ao fundo, mais fundamentalistas e radicais serão as ordens, quanto mais na superfície mais moderadas serão, o caminho do meio seriam as ordens neutras, como por exemplo a maçonaria, que contêm umbandistas e quimbandistas em suas fileiras. E existem ordens que tem um pé na neutralidade e um em um lado desta moeda. Trocando em miúdos, a coisa fica ruim quando vamos mais pro fundo.(de acordo com o Del Debbio)

Caminho da Mão Esquerda e Caminho da Mão Direita são termos que representam a dicotomia existente na tradição esotérica ocidental.
O esoterismo adquiriu muita representatividade na cultura ocidental especialmente a partir do século XIX, quando viveram destacados esotéricos que ajudaram a popularizar tal cultura. Nomes como os de Eliphas Levi e de Aleister Crowley se tornaram muito famosos na cultura popular e, ainda que suas vidas e obras sejam pouco conhecidas e dominadas por uma minoria, são citados por muitos. Porém, junto com eles, vieram muitos outros que integram a tradição esotérica ocidental e aqueles que marcaram a fase dourada do esoterismo no Ocidente.

O esoterismo possui todo um aparato de ritos e caminhos para o seu entendimento. Neste contexto, duas filosofias opostas se encontraram na tradição esotérica ocidental envolvendo grupos ligados ao ocultismo e grupos ligados à magia cerimonial. Para distingui-los, usam-se os termos Caminho da Mão Esquerda e Caminho da Mão Direita, que, como pode se notar, são opostos.

O Caminho da Mão Esquerda afirma o individualismo, enquanto o Caminho da Mão Direita é fundamentado na lei filosófica que diz “Vossa vontade seja feita”. Ambos os caminhos, contudo, estão em contato com o deus individual e o poder do subconsciente que são alcançados através de técnicas mágicas e ritualísticas. O que mais distingue os dois caminhos é que o primeiro é utilizado contra um objeto exterior e o segundo é utilizado a favor de um grupo. É desta diferença, aliás, que provém a distinção entre Magia Branca e Magia Negra. Esta última, associada a práticas maliciosas, está relacionada com o Caminho da Mão Esquerda. Já a prática de magias benéficas da Magia Branca está associada ao Caminho da Mão Direita.

A dicotomia existente e expressa através dos termos Caminho da Mão Esquerda e Caminho da Mão Direita é muito recorrente entre os adeptos do esoterismo, mas também na cultura popular. Termos como Magia Negra foram profundamente absorvidos pela sociedade, embora nem todos saibam exatamente sua proveniência ou sua definição. De modo mais geral, diz-se que a Magia Negra é uma prática relacionada ao Satanismo. Enquanto a Magia Branca é uma prática relacionada aos magos. De acordo com esta distinção, adeptos do Caminho da Mão Direita podem obter cura e proteção, enquanto os adeptos do Caminho da Mão Esquerda podem infligir medo e prejuízo em outras pessoas.

Outras características ainda podem identificar melhor os adeptos de cada caminho. Por exemplo, os adeptos do Caminho da Mão Esquerda são comumente chamados de bruxos. Já os adeptos do Caminho da Mão Direita são chamados de magos. Partindo desse referencial, os bruxos fazem uso frequentemente da magia sexual e adoram imagens satânicas. Os magos são interessados no resgate do antigo paganismo e na iluminação espiritual. Enquanto os bruxos gostam de quebrar tabus, os magos os evitam e gostam das convenções sociais, ainda que não sigam a moralidade cristã.

O Caminho da Mão Esquerda orienta grupos como: luciferianos, xamânicos, satanistas tradicionais e nazistas. Por sua vez, o Caminho da Mão Direita orienta grupos como: Teosofia, Druidismo e Wicca. Exige mais dedicação e estudo na busca da união com a deidade.

~ por Rosemaat Abiff em 17/10/2014.

6 Respostas to “Caminho da Mão Esquerda e Caminho da Mão Direita”

  1. esse post simplesmente respondeu uma dúvida que tinha e precisava de resposta;
    pois como pode um adepto do caminho da mão esquerda conciliar uma afiliação com a AMORC por exemplo?

    Curtido por 1 pessoa

  2. Todo o futuro deste novo corpo será determinado assim, não só pelo mau Karma de demérito do grupo precedente de Skandhas, mas também pelo Karma do novo grupo do futuro ser.

    Caso os médiuns e os Espíritas soubessem, como já disse, que cada novo “guia angélico” a quem dão boas vindas com grande alegria, o que fazem é convidá-lo a um UPADANA que causará uma série de males indizíveis para o novo Ego que renascerá debaixo de sua nefasta sombra, e que em cada sessão – especialmente se ocorrem materializações – multiplicam as causas de miséria que farão fracassar o infortunado Ego em seu nascimento espiritual, ou renascer numa existência pior que qualquer outra anterior – eles seriam menos pródigos em sua hospitalidade.

    E agora, podereis compreender porque nos opomos tão energicamente ao Espiritismo e à mediunidade.
    CARTAS DOS MAHATMAS

    Curtido por 1 pessoa

  3. “a mais fatal e insana das superstições, o espiritismo”
    Cartas dos Mahatmas
    Carta 49, Agosto 1881

    Curtir

  4. KKKKKK puta merda, falou pouco mas falou bosta amigo

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
Bnei Baruch Monterrey

Auténtica Sabiduría de la Kabbalah

symbolreader

Sharing My Love of Symbols

Sinagoga Ohel Jacob e Comunidade Hehaver

Site oficial sinagoga Ohel Jacob. Judaísmo Liberal em Lisboa. Única sinagoga askenazi em Portugal, 1934. Visitas guiadas, shabat e celebração de festividades.

Banca dos Bodes

Revistas, Jornais, Boletins e Livros Maçônicos

Cabala sem Fronteiras

by Vinícius Oliveira

Selo 144

A VERDADE UNILATERAL

%d blogueiros gostam disto: