A triste história do capitulo DeMolay de Camaquã-RS

“Faz muito tempo, dez anos talvez… falávamos sobre a ordem DeMolay na região sul do Rio Grande do Sul, era inicio do século, recém tínhamos saído do século XX(20) as coisas recém estavam se abrindo de forma global para a maçonaria, havia ainda um contraste entre o autoritarismo e a modernidade, enfim, eramos cordeiros no ultimo refugio dos lobos da velha guarda, é difícil a convivência entre o moderno e o conservador…

Mas falávamos sobre a Ordem DeMolay e a expansão, como gerir a expansão e levar essa ordem maravilhosa a tantos jovens espalhados pelo nosso gaúcho estado?

Ouvi de um Maçom sobre o capitulo DeMolay Camaquã, fundado e fechado pela mesma mão, pela mesma maçonaria.

Aparentemente por causa do ultimo Mestre Conselheiro do Capitulo, um rapaz que de certo não tinha vínculos, ou se tinha não fiquei sabendo, com os maçons que patrocinavam o capitulo, era um capitulo completo, capas novas, estandarte, velas, bandeira, joias…tudo por água a baixo.

aparentemente o Jovem Mestre Conselheiro sabia de podres(furos) demais de seu conselho consultivo e isso o tornava blindado contra qualquer decisão do conselho, pouco se sabe sobre o teor do desentendimento, a boataria logo comeu solta, disseram que foi pego aos beijos e algo más com uma filha de jó atrás do dossel do oriente, pode ser que sim, pode ser que não, o fato é que ele teve um desentendimento grande com o conselho consultivo, pouco tempo depois fez um protesto na frente da loja maçônica (vocês conseguem imaginar a cena meia duzia de DeMolays fazendo protestos com faixas e cartazes na frente de uma loja maçônica e o povo passando na frente sem entender patavinas) o que aconteceu a seguir foi o seguinte:

no outro sábado houve uma reunião, eles deixaram os DeMolays fazerem o triangulo dispersarem os cargos, e acenderem as velas, no meio da reunião um maçom entrou pelo ocidente, subiu os degraus do oriente, arrancou o malhete da mão do  Mestre Conselheiro e deu por encerrado e dispersou o capitulo “O capitulo está encerrado” teria dito ele, antes é claro simbolicamente deu uma batida com o malhete. (!) [esse caso mostra como a ordem DeMolay é totalmente dependente da maçonaria.]

e assim acabou morrendo uma iniciativa juvenil na cidade de camaquã, uma cidade em que as festas acabam as 3 da manhã, uma cidade que já é pequena, muito bonita, mas muito opressora para a juventude, são histórias como essa caro leitor que pouco chegam a superfície são tragadas por esse monstro do silencio de boca a ouvidos que a maçonaria mantêm, e quantas histórias como essas não existem Brasil a fora?

~ por Rosemaat Abiff em 11/09/2015.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
Cabalistas de bombacha

Shalom Aleichem! Seja bem vindo, aqui estudaremos textos e vídeos de diversos Rabinos,focando na Cabalá Judaica tradicional, também abordaremos os costumes e a religião Judaíca.

O CAMINHO DO XAMÃ

Arte, Magia e Desenvolvimento Pessoal

Portalfisica.com

Portal acadêmico de apoio às aulas Presenciais - Prof. Hans Dpto Física -UFSM

conspiro-net

Beyond Conspiracy,Beyond Reality

Meio Mago

Transmute-se...

polluti labia

ANATOMIE DE L'ENFER

Quantum Web

Tecnologia da Informação

%d blogueiros gostam disto: