obatalá! obatalá! entrego nesse instante mais esta ovelha para o teu redio.

Os trabalhos no templo começam com a canção do hino do vale do amanhecer, depoi a prece mestra, depois a desobessão na mesa evangelica(a mesa triangular) ali começa a puxada, o obatalá, depois ele se segue nos tronos na frente dos pacientes, enquanto o preto velho ou a preta velha vai conversando, no meio da conversa ele faz com que os espiritos obsessores subam as chalanas e sejam levados para regeneração.

obssessor dentro do templo

“obatalá obatalá entrego nesse instante mais esta ovelha para o teu redio”

Vamos analisar o significado da palavra obatalá, que provavelmente deriva de obat-allah

Oba significa pai em yoruba e tala que deriva do arabe tali significa alto mas também pode derivar de talla que significa rei, ou seja obatala seria o grande pai  ou o rei exaltado

Mas vamos a origem mitologica de obatala:

Òrìsànlá ou Obàtálá na África, “O Grande Òrìsà” ou “O Rei do Pano Branco”, na mitologia yoruba, é o criador do mundo, dos homens, animais e plantas. Foi o primeiro Orixá criado por Olodumare e é considerado o maior de todos os Orixás.

É o mais velho dos Òrìsás, o rei de vestes brancas, raiz de todos os outros Òòsààlà. É o pai de Osàlúfón, que por sua vêz é o pai de Osoguian, tão grande e poderoso é Obàtálá que não se manifesta, sua palavra transforma-se, imediatamente, em realidade.

Representa a massa de ar, as águas frias e imóveis do começo do mundo, controla a formação de novos seres, é o senhor dos vivos e dos mortos, preside o nascimento, a iniciação e a morte. É o responsável pelos defeitos físicos, e é corcunda porque recusou-se a fazer uma oferenda de sal numa cabaça e Èsù castigou-o pregando a cabaça nas costas, razão pela qual não come sal: comer sal para êle constitui um ato de auto-canibalismo. Ele deu a palavra ao homem e durante suas festas não se fala, durante três semanas tudo é silêncio, pois a palavra é dele.

 

Obatalá é o filho direto de Olorum o criador do universo. Depois de criado o universo e a terra em específico; depois de milhares de anos resolveu dar vida a terra e enviou seu filho direto “Obatalá” para esse fim à terra que até então era composta de água. Vindo com o saco da criação Obatalá trouxe consigo uma galinha d’angola que foi responsável por espalhar a terra sobre as águas, dando desta maneira forma à terra sobre a água, depois de criado os montes etc… Obatalá criou os vegetais, animais e por ultimo da própria criação “terra” com ajuda de Nanan moldou o ser humano com o barro e com seu sopro deu vida ao ser humano. Por isso quando as pessoas têm um grande problema de saúde é a este Orixá que se pode recorrer; claro que dependendo do tipo de doença que seja, podemos recorrer também a outros Orixás. Obatalá é quem rege tudo o que é branco sobre a terra em todo sentido da palavra; pureza. (impossível não fazer relação com jesus)

Obatalá – Oba (rei) alá (branco)

Orisa-Nla, Orisala ou (Orixalá e Oxalá em português) é o primeiro Orisa Funfun nascido diretamente de Olorun (DEUS) (tudo desses orixás é de cor branca).

O Reverendo Samuel Johnson, no livro “The History of the Yorubas”, Lagos, 1937, escreve:

“Orisalá é encarregado do poder criador e é considerado um co-trabalhador de Olorun. Supõe-se que o homem tenha sido feito por Deus e modelado por Orisala. Seus adeptos se distinguem pelo uso de colares de contas brancas e pelas roupas brancas. Não podem beber vinho de palmeira. Os sacrifícios por eles oferecidos não podem conter sal. Os albinos, os anões, os estropiados e os corcundas são considerados sagrados por esse orisa.
Orisala é o nome comum, conhecido e adorado em diversas cidades e sob diversos nomes: Orisa Oluofin em Iwofin, Orisako em Oko, Orisakire em Ikire, Orisagiyan em Ejigbo, Orisaeguin em Owu, Orisajaye em Ijaye, Obatala em Oba.”

Existe um Festival anual de Obatala na cidade de Ile Ife, estado de Osun, na Nigéria. O festival acontece na segunda quinzena de janeiro no Obatala Holytemple e reune grande um número de iniciados em Obatala da Nigéria e de outros países. O Festival acontece no Obatala Holytemple (segundo templo de Obatalá na história) e também no lugar sagrado conhecido como primeiro templo).

Agora vamos ver o que diz o vale do amanhecer sobre obatalá

Obatalá é o Ministro que, de seu Oráculo, envia forças giradoras centrífugas e centrípetas para o Doutrinador,através do Eixo Solar, a luz da razão e do entendimento, da compreensão e da confiança, e para o cruzamento de forças no Oráculo de Agamor (*).
Não tem ação fora do chakra coronário, onde concentra toda a sua energia, fluindo pelo Eixo Solar.
Para o Apará, actua como força de equilíbrio e protecção, projectando, em seu chakra coronário, a força protectora de seus sete raios, conforme sua necessidade.
É a força do SOL, pura e brilhante, emanando o equilíbrio das energias do corpo físico através da recomposição e energização dos átomos formadores das células.
TAPIR

De grande poder, o Ministro Obatalá é poderosa fonte de energia para todos os trabalhos curadores e desobsessivos na Corrente, especialmente a Corrente Mestra, que flui de Tapir, que é um Raio de Obatalá.
O Oráculo de Obatalá é o Oráculo do Amor, é o Grande Oriente de Oxalá, das forças regidas pelo grande Oxalá. Obatalá é espírito de alta hierarquia. Para seu Oráculo são conduzidos os espíritos que precisam de ajuda: os sofredores, os doentes, aqueles que se perderam no ódio. Para lá são encaminhados, em sua maioria, os espíritos entregues por uma elevação do Doutrinador, que tem toda uma força cabalística.
As forças desobsessivas projectadas pelo Oráculo de Obatalá são regidas pelo Adjunto Jurema.
Os Jaguares, aprendendo a manipular essas forças em conjunto com outras, vão construindo a Raiz do Amanhecer que formará o Oráculo de Koatay 108, realizando a junção das forças da Terra – Xangô – com as do Céu – Pai Seta Branca, manipuladas por Tia Neiva.
No Oráculo de Obatalá se originam as seguintes forças:

momento da abertura dos trabalhos da sintonia com o templo mãe(grande loja) em Brasília

· CORRENTES BRANCAS DO ORIENTE MAIOR

são raios ou raízes projectadas pelo Oráculo de Obatalá e que, cruzando-se com raios do Oráculo de Olorum, agem, junto com a Corrente Indiana do Espaço, nos diversos Sandays e trabalhos no Templo. São apenas divididas de acordo com as finalidades de cada trabalho. Destas Correntes fazem parte as Linhas dos Pretos Velhos, dos Caboclos, das Princesas e das Sereias, e dos Médicos do Espaço.

· TAPIR é um Raio de Obatalá, com força nativa predominante no Reino Central, que projecta, no Templo, a energia da Corrente Mestra e actua intensamente no Doutrinador.

 

 

~ por Rosemaat Abiff em 18/02/2016.

Uma resposta to “obatalá! obatalá! entrego nesse instante mais esta ovelha para o teu redio.”

  1. Diga para o Nikolas entrar em contato com o Arthur, plz
    obrigado

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
Cabalistas de bombacha

Shalom Aleichem! Seja bem vindo, aqui estudaremos textos e vídeos de diversos Rabinos,focando na Cabalá Judaica tradicional, também abordaremos os costumes e a religião Judaíca.

O CAMINHO DO XAMÃ

Arte, Magia e Desenvolvimento Pessoal

Portalfisica.com

Portal acadêmico de apoio às aulas Presenciais - Prof. Hans Dpto Física -UFSM

conspiro-net

Beyond Conspiracy,Beyond Reality

Meio Mago

Transmute-se...

polluti labia

ANATOMIE DE L'ENFER

Quantum Web

Tecnologia da Informação

%d blogueiros gostam disto: