Carta 10: Sobre a Tentação do Neófito na A∴A∴ por uma Mulher Elemental

(Este post trata sobre thelema e astrum argentum)

Fernando Liguori

Imagem ilustrativa: Saturno Buttò

An V1, Sol in 9° Capricorn, Luna in 21° Virgo, Dies Jovis

Juiz de Fora, quinta-feira, 31 de dezembro de 2015 e.v.

Care Frater,

Faz o que tu queres, há de ser tudo da Lei.

Estava lendo este texto sobre os problemas principais aos neófitos e me veio uma dúvida. O que seria uma mulher «elemental»? Teria algo a ver com os arquétipos do Tarot de Thoth? Por exemplo, mulheres com personalidade parecidas com as descrições de alguma das quatro princesas do Tarot? Não sei ao certo por ser um grau acima do meu, mas o que vejo com meus amigos neófitos é que muitos acabaram engatando em relacionamentos sérios com mulheres que são unha e carne com eles e nisso acabaram casando, sendo pais, tendo de trabalhar duro e sobrou pouco tempo para as práticas e nisso não passam de neófito. Isto seria algo comum aos neófitos que os fazem ficarem presos nas obrigações mundanas e nisso atrapalhar a passagem do Grau?

Você leu meu texto sobre o Mito do Graal (Crônicas da O.T.O.)? Dá uma olhada nesse texto para você compreender o simbolismo do Castelo do Graal (Binah) e o Castelo da Perdição (Malkuth).

Vamos um pouco além. Existe uma conexão muito tênue entre Malkuth e Binah. Essa conexão é retratada no Ritual de Iniciação do Neófito. Ao passar pela iniciação de Malkuth, ou seja, quando o Probacionista se une a Noiva em Malkuth, de maneira sutil ele também se une a Mãe em Binah. Sua salvação, se podemos usar esse termo, reside em sua conexão com a Mãe em Binah, quer dizer, o Santo Graal. No entanto, as forças de Malkuth prendem o Neófito a sua esfera, da mesma maneira que a gravidade nos puxa para baixo.

Nos termos práticos é assim: o Neófito deveria ser instruído a sempre manter o foco na Obra, quer dizer, ele sempre deve buscar o Graal, não apenas a vulva. Aí reside o perigo, quando ele se esquece do Graal e se apaixona pela vulva apenas. Nesse processo, ao se apaixonar/identificar apenas com a vulva (a mulher profana), esquecendo-se da Obra (o Graal em Binah), vem a falhar de forma miserável em sua busca.

Vou levar o exemplo a minha vida: esse é um conhecimento que tive desde muito jovem, ainda Neófito, o de sempre buscar o Graal. Por esse motivo, todas as mulheres que passaram por minha vida foram passageiras. Eu entendia ou conseguia vislumbrar, até certa medida, que elas não poderiam me levar ao Castelo do Graal, nem mesmo as com «melhores intenções». Somente agora eu consegui encontrar alguém com quem pude deslumbrar essa iniciação. Quer dizer, o Neófito deve ter isso em mente e não se deixar seduzir pela Kundry, que apenas emula Babalon, mas não é. Ao Neófito deve ser ensinado que primeiro ele deve se dirigir a Netzach a fim de iniciar as Bodas com Babalon, no entanto, ele deve vencer o sofrimento de Malkuth e os perigos de Yesod. Estes, quase sempre, se apresentam como uma vampira, pois o sexo é a maneira mais fácil de se perder.

Eu quase sempre vejo instrutores inexperientes na AA se esquecendo de ensinar a relação que existe entre os Quatro Elementos no reino da Mãe Natureza e sua contraparte sutil em Binah. Mas essa falha na transmissão se dá por inúmeros motivos que vêm se provando ao longo do tempo pedras de tropeço na relação entre professor e aluno. Na grande maioria das vezes, os alunos caem nas mesmas armadilhas que os professores. O que deve estar claro é que na e após a iniciação em Malkuth todas as sephiras começam a se harmonizar e se inicia um processo de cura interior onde a Árvore da Vida se coloca em equilíbrio dentro de cada Candidato rumo a Montanha de Abiegnus. E embora essa iniciação tenha a ver com os mistérios do corpo e das forças que o prendem a matéria, causando a experiência da dor, em níveis sutis ela também ocorre no Eterno feminino em Binah. Portanto não se trata apenas de harmonizar os elementos como comumente é acreditado por alguns Irmãos da AA.

Vencer a inércia e a sombra do sofrimento é o maior obstáculo do Neófito. A Mãe Natureza utiliza a própria natureza de cada um contra nós mesmos, quer dizer, os Quatro Elementos. Mas sob esse aspecto de sua pergunta, este sofrimento inerente a experiência do Neófito deve ser compreendido nos termos da corrente ofidiana.

Ao se identificar com Kundry que emula o papel de Babalon, Parsifal perde a perspectiva do Castelo do Graal em Binah chafurdado no Castelo da Perdição em Malkuth, o que o leva a experiência do sofrimento, da tristeza e do desespero. Na medida em que Parsifal tenta se redimir, ou seja, quando o Neófito inicia sua jornada em direção as esferas superiores, um Elemental pode tentá-lo a queda, arrebatando-o novamente ao sofrimento inerente a iniciação dos Quatro Elementos. Por Elemental, aqui, vamos entender uma entidade composta pelos Quatro Elementos, uma mulher que o seduzirá, atuando como Kundry ao invés de Babalon. A história da Tradição de Thelema está repleta de passagens que ilustram isso, como por exemplo, o caso de Jack Parsons.

Vou escrever uma epístola sobre este tema na próxima edição de O Olho de Hoor.

Amor é a Lei, amor sob vontade.

Às ordens.

Fernando Liguori

 

Juiz de Fora, 2015 e.v.

http://fernandoliguori.blogspot.com.br/?zx=1a2a616e02a20501

~ por Rosemaat Abiff em 04/03/2016.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
Cabalistas de bombacha

Shalom Aleichem! Seja bem vindo, aqui estudaremos textos e vídeos de diversos Rabinos,focando na Cabalá Judaica tradicional, também abordaremos os costumes e a religião Judaíca.

O CAMINHO DO XAMÃ

Arte, Magia e Desenvolvimento Pessoal

Portalfisica.com

Portal acadêmico de apoio às aulas Presenciais - Prof. Hans Dpto Física -UFSM

conspiro-net

Beyond Conspiracy,Beyond Reality

Meio Mago

Transmute-se...

polluti labia

ANATOMIE DE L'ENFER

Quantum Web

Tecnologia da Informação

%d blogueiros gostam disto: