Falando sobre a Magia

O que é Magia?

Antes de mais nada é importante salientar que Magia em hipótese alguma deve ser confundida com Mágica, Ilusionismo ou Truques de modo geral. No idioma inglês como a palavra “Magic” é utilizada para definir a Mágica de Palco, o famoso Ocultista britânico Aleister Crowley cunhou o termo “Magick” para transmitir a ideia de Magia como aqui compreendemos, a saber, um conhecimento milenar que no passado foi chamada de Grande Ciência Sagrada dos Magos, é uma ciência oculta que estuda os segredos da natureza e a sua relação com o homem, criando assim um conjunto de teorias e práticas que visam o desenvolvimento integral das faculdades espirituais e ocultas do ser humano, até que este tenha o domínio sobre si mesmo e sobre a natureza.

Por definição a Magia é a habilidade em transformar intenção em realidade por meio da manipulação de forças existentes na natureza através de rituais específicos. Para tal é necessário auto-conhecimento, auto-domínio e um conhecimento vasto sobre as diversas ferramentas utilizadas em Magia.

Como surgiu a Magia?

A Magia existe desde que o ser humano existe. Há inscrições rupestres do período paleolítico que indicam rituais Mágicos com mais de 25.000 anos antes de Cristo.

É sabido que os homens pré-históricos viviam da caça e que as pinturas nas cavernas não se tratava apenas de arte rupestre, mas uma forma rudimentar de magia, onde os homens antes de saírem para caçar, projetavam suas intenções na parede, na tentativa de materializar aquele resultado no mundo físico, ou seja, eles desejavam ter uma boa caça e pintavam sua intenção nas paredes como se este ato os ajudasse a conquistar aquele resultado. Em outras palavras, eles praticavam a forma mais elementar de Magia.

O que é possível fazer com Magia?

Ao longo dos séculos a Magia foi empregada para todo tipo de situações. Quando não haviam escolas de medicina eram os(as) curandeiros(as) com suas ervas e poções quem promovia o restabelecimento da saúde das pessoas. 

Os Magos eram procurados para interpretar sonhos, para traduzir a vontade dos deuses, para auxiliar na busca do amor, para se conseguir colheitas prósperas, para se proteger de energias e espíritos malignos e uma série de outras coisas.

Hoje, com o advento da Ciência Moderna, muito do que no passado era Magia tornou-se saberes científicos, como por exemplo a Química que no passado era praticada pelos Alquimistas, a Medicina, a Psicologia, a Fitoterapia e até mesmo a Neurociência que vem desvendando as capacidades jamais exploradas da Mente Humana.

Mas isso não significa que as Ciências Ocultas tenham deixado de existir e que a Magia se tornou algo obsoleto ou desnecessário, muito pelo contrário. Existe uma lacuna enorme que não pode ser preenchida pela Ciência Cartesiana, um grande vazio onde residem as questões sem respostas como “Será que realmente possuímos um Espírito?” ou “O que ocorre após a morte?” ou “O que seriamos capazes de fazer se utilizássemos todo o potencial de nossa mente?” ou ainda “Porque algumas crenças podem produzir morte psicogênica enquanto outras crenças podem promover a cura mesmo das piores mazelas?”

Mesmo com todo conhecimento produzido pela Ciência Moderna e com toda a Tecnologia já alcançada algumas respostas só são encontradas nos ensinamentos milenares das mais diversas tradições religiosas, e, considerando que toda religião se estrutura sobre a mesma base de saberes mágicos, extrafísicos, metapsicológicos e esotéricos, de modo que mesmo uma simples oração seria considerada uma prática mágica, pois busca influenciar a realidade física por meio da intenção de quem ora pedindo auxílio de um ser “espiritual” que este entende ter poder para interferir no plano material.

Assim sendo, a Magia seria considerada a principal disciplina das ditas Ciências Ocultas e através dela podemos conquistar saúde (física e mental) através do conhecimento das ervas, da meditação, da respiração e de outras artes da cura. Podemos combater pensamentos e crenças limitantes e caminhar para a evolução moral, pessoal e espiritual. Podemos tornar os ambientes mais harmônicos e tranquilos, como por exemplo nossas casas ou locais de trabalho, utilizando técnicas como radiônica, cromoterapia, aromaterapia, musicoterapia etc. Podemos criar relacionamentos melhores colocando em prática a sabedoria, o silêncio, a temperança e todas as outras virtudes buscadas pelos praticantes de Magia. Podemos encontrar paz de espírito e harmonia com a natureza, tão necessária para que conquistemos sucesso em todas as áreas de nossas vidas. Além do fato de que, através do emprego da Magia é possível ao que crê, uma infinidade de possibilidades no campo espiritual/energético que vão desde uma simples proteção contra influências energéticas nocivas como a mudança de todo um cenário de vida que estivermos inseridos, pois existem trabalhos mágicos para tudo, basta que haja a intenção e o domínio do conhecimento e um universo de possibilidades de descortina.

Texto integralmente extraído do E-book Gratuito de Magia produzido por Mestre David Pecis e disponibilizado pelo Grande Colegiado dos Magos.

~ por Mestre David Pecis em 21/04/2019.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
Bride ov kaos

Articles and Essays about the occult path, thelemic knowledge and enlightenment

Hermes Pesquisador

Dedicado a pesquisa e memória da Tradição Mirianica e Napolitana.

Clubverde

Conscientizando com diversão!

Platão Boy

ASSUNTOS LIGADOS A ESPIRITISMO, ORDEM ROSACRUZ E MAÇONARIA

Eco Profundo

Ecologia Profunda na alma e no coração

☥ஃ ΘƦΔ₵υℓΘ lηϯΣƦιΦƦ ⎊☥

O Caminho para o Autoconhecimento | Por Klarah

%d blogueiros gostam disto: